Conversa Objetiva: Duas almas em um corpo?
Este Blog é dedicado a tratar de assuntos como ufologia, religião, saúde, política, e cidadaniaCom uma linguagem às vezes subjetiva, oferece distintas  interpretações sobre a vida, sobre o Universo e a presença da humanidadeSerão apresentados recortes direcionados com o objetivo de despertar o pensamento crítico do ser humano, o desenvolvimento do respeito e da compaixão, da união e da igualdade entre as pessoas.
UTILIZE O MENU AO LADO <- PARA SELECIONAR POSTAGENS ANTIGAS NO ARQUIVO DO BLOG.

" Toda verdade passa por três estágios: Primeiro, é ridicularizada. 
Segundo, é violentamente rejeitada. 
Terceiro, é aceita como sendo auto-evidente."
Arthur Schopenhauer

Facebook Page

sábado, 1 de outubro de 2011

Duas almas em um corpo?

...............................Abigail "Abby" Loraine Hensel e Brittany "Britty" Lee Hensel, nascidas no dia 7 de Março de 1990, em Carver County, Minnesota (EUA), são um caso extremamente raro no mundo. Ao longo da história da medicina, foram registrados apenas quatro casos de gêmeos com apenas um tronco e um par de pernas. Cada uma das irmãs Hensel têm próprio coração e estômago, enquanto compartilham três pulmões. A espinha dorsal de ambas as liga à altura da pélvis, de modo que, a partir da cintura para baixo são uma única pessoa. Cada um tem uma sensibilidade e controle de seus membros e do tronco. 

    


...............................Abby e Britty vivem uma estreita união, mas, ao mesmo tempo, defendem a sua independência: eles são um modelo de boa amizade e da harmonia, da dignidade e da flexibilidade no que diz respeito ao difícil conceito de liberdade individual. A família vive em uma casa estilo colonial, construída em terras planas de vinte hectares de superfície. Patty, é enfermeira de emergência, e o pai, Mike, um carpinteiro e designer de jardins. Ambos confessam que, quando do nascimento das gêmeas, ficaram presos ao desespero. Na época, os especialistas não estavam de acordo sobre a viabilidade de uma intervenção para separar as irmãs. O risco era de que uma delas não sobrevivesse. "Como é que iríamos determinar quem deveria viver?", lembra.  

   

...............................Este artigo pretende servir como exemplo de superação para aqueles que se lamentam das dificuldades da vida. Afinal, a comoção causada Abby e Britty não é apenas um produto da ignorância ou insensibilidade das pessoas. Tal como Freud salientou, o sobrenatural, em qualquer forma que está presente, provoca-nos medo. E, do ponto de vista Espírita, o exemplo serve para profundas reflexões sobre o sentido da vida e sobre este grande aprendizado que é a reencarnação. Isto porque nem sempre os espíritos que vieram juntos em tal situação são afins e, ao contrário, muitas vezes vieram reatar sentimentos desfeitos e reajustar sentimentos (Livro dos Espíritos). 

    joined_p         

...............................Os espíritas explicam que são espíritos que se odeiam ou se amam patologicamente, gerando um fluxo de energia que se funde reciprocamente. Concluindo naturalmente que são reencarnações expiatórias, de aversões e ódios seculares. Conforme bem explica Zacharias Calil, "entende-se  tratarem-se provavelmente de dois espíritos ligados por ódio extremo, talvez de muitas reencarnações, e que renasçam nestas condições não por livre escolha ou punição divina, mas por uma espécie de determinismo originado na própria lei da causa e do efeito. São impelidos por uma irresistível atração de ódio e desejo de vingança, buscam-se sempre e acabam se reencontrando por vezes em situações dramáticas, que os obrigam a partilhar o próprio sangue, as funções vitais e o próprio ar que respiram". 


...............................Essa convivência que poderá ser longa ou curta estabelecerá laços de parceria e apoio, despertando os sentimentos de amizade, de respeito mútuo, e com isso se inicia uma reconciliação pelo perdão. Algumas outras razões possíveis falam em casos que são espíritos que levaram a simbiose psíquica às últimas consequências, reparando agora, na própria carne, o crônico egoísmo. Portanto, se você ainda acredita que sua vida é um insuportável fardo, tente repensar as supostas razões de sua revolta.



Um comentário:

  1. Realmente uma bela história que nos inspira muitas reflexões. Situações como essas que fogem do raciocínio meramente racional e nos leva para o campo do sobrenatural ou do divino. È difícil acreditar que o acaso seja responsável pela vida, pela fatalidade ou por situações como essa . Andréia

    ResponderExcluir

Compartilhe

Poderá gostar de ler também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...