Conversa Objetiva: Circo Brasil 2
Este Blog é dedicado a tratar de assuntos como ufologia, religião, saúde, política, e cidadaniaCom uma linguagem às vezes subjetiva, oferece distintas  interpretações sobre a vida, sobre o Universo e a presença da humanidadeSerão apresentados recortes direcionados com o objetivo de despertar o pensamento crítico do ser humano, o desenvolvimento do respeito e da compaixão, da união e da igualdade entre as pessoas.
UTILIZE O MENU AO LADO <- PARA SELECIONAR POSTAGENS ANTIGAS NO ARQUIVO DO BLOG.

" Toda verdade passa por três estágios: Primeiro, é ridicularizada. 
Segundo, é violentamente rejeitada. 
Terceiro, é aceita como sendo auto-evidente."
Arthur Schopenhauer

Facebook Page

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Circo Brasil 2

Enquanto a criminalidade aumenta e o respeito diminui junto à moral, à ética, à dignidade humana  e ao salário dos policiais, os Legisladores, ao invés de constituírem as penalidades, estão contribuíndo para a falência moral do Estado,  deixando o cidadão de bem, que paga seus impostos e cumpre suas obrigações cada vez mais exposto à marginalidade.   


Mais uma vergonha brasileira....
...nenhuma novidade.



Extraído de: Âmbito Jurídico  - 04 de Julho de 2011 -  por Paula Laboissière
Entra em vigor nova Lei da Prisão Preventiva

Desde segunda-feira (4), pessoas que cometerem crimes leves - punidos com menos de quatro anos de prisão - e que nunca foram condenadas por outro delito só serão presas em último caso. É o que prevê a Lei nº 12.403/2011, que altera 32 artigos do Código de Processo Penal.

Anteriormente, quem se enquadrava nesses casos ou era encaminhado à prisão, caso o juiz entendesse que a pessoa poderia oferecer riscos à sociedade ao longo do andamento do processo, ou era solto.

Com as alterações, nove possibilidades entram em vigor - o pagamento de fiança, que poderá ser estipulada pelo delegado de polícia e não apenas pelo juiz; o monitoramento eletrônico; o recolhimento domiciliar no período noturno; a proibição de viajar, frequentar alguns lugares e de ter contato com determinadas pessoas; e a suspensão do exercício de função pública ou da atividade econômica.

De acordo com a nova lei, a prisão preventiva só poderá ser decretada quando a pessoa já tiver sido condenada; em casos de violência doméstica; e quando houver dúvida sobre a identidade do acusado.

As medidas alternativas, entretanto, podem ser suspensas e a prisão decretada se houver descumprimento da pena. O texto determina ainda que se a soma das penas ultrapassar quatro anos, cabe a prisão preventiva.

A legislação brasileira considera leves crimes como o furto simples, porte ilegal de armas e homicídio culposo no trânsito (quando não há intenção de matar), além da formação de quadrilha, apropriação indevida, do dano a bem público, contrabando, cárcere privado, da coação de testemunha durante andamento de processo e do falso testemunho, entre outros.

A nova Lei da Prisão Preventiva deve resultar na liberação de milhares de presos que ainda não foram julgados. A população carcerária do país, atualmente, é de cerca de 496 mil pessoas, segundo dados do Ministério da Justiça. Em 37% dos casos - 183 mil presos - ainda não houve julgamento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

Poderá gostar de ler também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...